A Faculdade de Ensino Superior de Feira de Santana, Faesf, com sede na cidade de Feira de Santana, Estado da Bahia, é uma instituição de ensino superior – IES – mantida pela Unidade de Ensino Superior de Feira de Santana – UNEF. Configura-se como sociedade civil de direito privado, de fins educacionais e econômicos, criada em 03.09.1999, com sede e foro na cidade de Feira de Santana, Estado da Bahia, inscrita no Cartório de Registro de Títulos e Documentos e Registro Civil de Pessoas Jurídicas da Comarca de Feira de Santana, com o Registro sob nº 6.841, Ordem de nº 2.320, Livro A7, cuja denominação passou a ser Unidade de Ensino Superior de Feira de Santana em 27.05.2002, conforme registro na Junta Comercial do Estado da Bahia – JUCEB – sob nº. 75405, livro A9, tendo como objetivo a promoção e o desenvolvimento da educação, da ciência, da tecnologia, das artes e da cultura através de atividades no âmbito do ensino superior.

Em 1999, Feira de Santana contava, apenas, com três Instituições de Ensino Superior: uma pública e duas particulares. Em abril de 2002, a Faesf/UNEF obteve do Ministério da Educação – MEC – a autorização para funcionamento dos cursos: Portaria Nº 1.264, de 25 de Abril de 2002 para o curso Bacharelado de Administração com habilitação em Gestão de Sistemas de Informação; Portaria Nº 1.265, de 25 de Abril de 2002 para o curso Bacharelado de Turismo; Portaria Nº 1.266, de 25 de Abril de 2002 para o curso Bacharelado de Comunicação Social com habilitação em Jornalismo e em Publicidade Propaganda. As primeiras turmas dos cursos de Comunicação Social e de Administração com habilitação em Gestão de Sistemas de Informação iniciaram suas atividades em 2003 e o curso de Turismo em 2004.

Ainda em 2004, a Faesf/UNEF instala a CPA – Comissão Própria de Avaliação – através da Portaria 002/2004 de 11 de junho de 2004, de acordo com a Lei 10.861 de 24 de abril de 2004, com a finalidade de promover a melhoria da qualidade do ensino com base nos princípios e indicadores que integram o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES). A partir de então, a IES passa a desenvolver a cultura permanente de autoavaliação promovendo, a partir da CPA, melhorias contínuas no âmbito institucional.

Um ano após, a Faesf/UNEF cria o Núcleo de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão –NUPPEX- através da Portaria 002/2005 com o propósito de fortalecer sua política educacional cujo objetivo é promover ações voltadas para o ensino, pesquisa e extensão, cabendo a este órgão fomentar convênios e parcerias junto a entidades públicas ou privadas para atender às demandas de qualificação, aperfeiçoamento, treinamento do pessoal através de cursos de extensão e de pós-graduação lato sensu, além de apoiar programas de iniciação científica.

A partir de fevereiro de 2007, a Faesf/UNEF firma parceria com a Escola Superior Aberta do Brasil – ESAB – se tornando um polo operacional de Educação a Distância – Ead – ofertando mais de 40 cursos de qualificação profissional e pós-graduação lato sensu. Ainda neste ano, a Faesf/UNEF passou pelo processo de Reconhecimento dos Cursos pelo Ministério da Educação. Os cursos de Comunicação Social com habilitação em Jornalismo e em Publicidade e Propaganda foram reconhecidos pela comissão avaliadora do MEC com nota 04, através da Portaria de n° 728, de  4.06.2009, publicada no Diário Oficial da União n°106, Seção 01, p. 94 de 05/06/2009. Já o curso de Administração foi reconhecido com nota 03, conforme Portaria nº 703, de 17.05.2009 publicada no Diário Oficial da União n° 94, Seção 01, p. 08 de 20.05.2009.

Com o objetivo de colocar em exercício o estudo das relações entre comunicação, linguagem, experiência e formação nas suas dimensões epistemológicas, históricas, sociopolíticas e institucionais, tendo a prática comunicacional com base instituinte, a Faesf/UNEF cria, no ano de 2008, o Grupo de Pesquisa Epistemologia e Práxis da/em Comunicação, por meio da Portaria FAESF 002A/2008. Este grupo tem relação interinstitucional com o Grupo de Pesquisa Formação em Exercício de Professores – FEP – do Programa de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação da Faculdade de Educação da Universidade Federal da Bahia – Faced/UFBA.

No segundo semestre de 2009, o NUPPEX implantou o primeiro curso de pós- graduação presencial lato sensu em Gestão Estratégica de Comunicação e Negócios a fim de desenvolver habilidades e competências relacionadas ao uso eficaz da comunicação no processo de gestão, ampliando a visão estratégica quanto ao mercado e seus desafios, a partir da utilização das ferramentas estratégicas de comunicação para atingir seus públicos interno e externo. Neste sentido, a Faesf/UNEF vem ampliando suas ações no intuito de atender aos interesses dos concluintes da graduação, priorizando a continuidade da sua formação acadêmico-profissional, bem como, de acatar a demanda da comunidade externa, cujas necessidades são permanentemente consideradas nesta IES.

O Grupo Nobre amplia seus investimentos em Educação e constrói um dos maiores campus universitário do Norte Nordeste no novo endereço da UNEF, Avenida Luís Eduardo Magalhães, s/n, Bairro Subaé, Feira de Santana. Com os mais modernos Parques Tecnológicos para o desenvolvimento do ensino, da pesquisa e da extensão, tendo mais de 30 completos laboratórios e amplos espaços para receber milhares de estudantes na modalidade presencial e atender outras demandas da UNEF EAD.

Em 2017, implantou a Modalidade Educação a Distância (EAD) com polos em mais de 18 cidades do interior da Bahia. Nessa nova atuação, inicia com nota máxima em todos os quesitos determinados pelo Ministério da Educação (MEC). Dessa forma, a UNEF proporcionou para toda a sua região maior acesso à educação e oportunidade para a comunidade em geral vivenciar a qualidade dos serviços comprovados do Grupo Nobre de Ensino que também detém mais duas Instituições de Ensino, o Colégio Nobre e a Faculdade Nobre de Feira de Santana (FAN), ambas de muita credibilidade e respeitadas em toda a região.

Missão

Produzir, sistematizar e socializar o saber científico e tecnológico, através do ensino presencial e a distância, da pesquisa e da extensão, ampliando e aprimorando a formação de pessoas com reflexão crítica, postura ética e solidária, para o exercício profissional competente, tendo como vista a sua contribuição para as inovações, evolução científica e tecnológica, o desenvolvimento local, regional, estadual e nacional e a construção de uma sociedade autossustentável.

Visão

Ser referência em educação superior na cidade de Feira de Santana e região, reconhecida pela sua excelência acadêmica, dinamismo, empreendedorismo, inovação e compromisso com a formação de profissionais éticos e cidadãos, conscientes do seu papel no exercício da profissão escolhida, contribuindo na construção de uma sociedade mais justa e mais fraterna.

Valores

Os valores da UNEF EAD estão estabelecidos a partir de uma visão humanista e ética que prevê:

  • Atuação com responsabilidade social;
  • Comportamento ético e cidadão;
  • Compromisso com o ensino de excelência;
  • Respeito à pluralidade de ideias e de crenças religiosas;
  • Estímulo ao desenvolvimento pessoal e profissional;
  • Cultivo da credibilidade institucional;
  • Respeito às diversidades sociais;
  • Efetividade no cumprimento do Projeto Pedagógico Institucional e de cada Curso.

Nosso EAD

O modelo de Educação a Distância (EAD) da UNEF tem conceito máximo pelo MEC. Apoia-se em uma metodologia flexível e adaptável em função dos objetivos da aprendizagem, do público alvo e dos recursos disponíveis para cada projeto pedagógico específico. As diretrizes gerais englobam os pressupostos pedagógicos do ensino a distância e obedecem à legislação em vigor, para todos os processos. As atividades são realizadas no Polo de Apoio Presencial – unidade operacional para o desenvolvimento descentralizado das atividades pedagógicas e administrativas relativas aos cursos e programas ofertados a distância. É o local de encontro dos alunos onde acontecem os momentos presenciais, o acompanhamento, a orientação para os estudos, as avaliações presenciais, as práticas laboratoriais e de campo.

No modelo da UNEF, o acesso ao mundo digital ocorre através de várias ferramentas que permitem a interação tecnológica com diferentes meios. O diálogo, a interlocução de maneira direta ou mediada entre os agentes (alunos, professores e tutores) é intenso, contínuo e de permanente aperfeiçoamento, a partir da prática de mediatização pedagógica a ser desenvolvida. Assim, a mediação pedagógica resulta na criação de materiais educativos (textos), metodologias de ensino e de estudo, estratégias de uso dos recursos de ensino e os meios mais adequados para produção de materiais necessários e adaptados a cada curso.

Os cursos contemplam a mediação pedagógica por professores orientadores, tutores a distância, professores conteudistas e tutores presencias. As aulas presenciais são desenvolvidas através de videoaulas acompanhadas pelo tutor presencial, que participa dos chats e fóruns de discussão, orientados pelos professores, como forma de aprofundamento, debate e revisão dos conteúdos ministrados.

A interação é a ação recíproca entre sujeitos e será mediatizada por diferentes meios, diretos, através das aulas e atividades presencias e indiretos pelos meios tecnológicos definidos a partir do AVA – Ambiente Virtual de Aprendizagem. A interatividade, por sua vez, será desenvolvida pelas potencialidades técnicas oferecidas aos alunos, por meio tecnológico (jogos, objetos de aprendizagem e o próprio AVA). A metodologia utilizada permite associação do conteúdo ministrado na videoaula com a atividade prática de estudo orientado, acessando atividades online, pela plataforma Moodle.

A interatividade entre aluno e tutor ocorre em momentos presenciais semanais, definidos no planejamento da disciplina. O tutor presencial é responsável pela comunicação e interação no processo em que a dialogicidade seja possível nos ambientes de aprendizagem, apoiados por mídias educativas. Desse modo, como articulador da interatividade, o tutor assume a responsabilidade pela criação de um ambiente acolhedor, confortável e propício à aprendizagem. Assim, a construção de conceitos sobre a dialogicidade, a comunicação e a interação devem constituir o trabalho do tutor.

Os Referenciais de Qualidade para EAD apresentam as dimensões que devem compor o Projeto Político Pedagógico dos cursos na modalidade a distância e trazem como aspectos fundamentais, dentre outros, a equipe multidisciplinar destacada pelo tutor e seu papel no processo educacional onde o estudante deve ser o centro do processo.

Objetivos Institucionais

Considerando seus Princípios Filosóficos, Missão, Visão e Valores, a UNEF EAD define seus objetivos:

  • Oferecer ensino de excelência na formação de profissionais de nível superior e nos programas de pós-graduação, na modalidade presencial e a distância;
  • Formar cidadãos éticos, que no seu desempenho profissional, pautem as suas condutas por valores de liberdade, solidariedade e justiça;
  • Formar e aperfeiçoar profissionais nas diferentes áreas de conhecimento, aptos para uma inserção crítica e construtiva no mercado de trabalho, colaborando com o desenvolvimento da sociedade;
  • Promover o desenvolvimento da extensão sob a forma de cursos, prestação de serviços, consultoria, assessoria e outras modalidades de ações extensionistas;
  • Proporcionar ao estudante o contato direto com a realidade através da prestação de serviços de sua área de formação à comunidade;
  • Estabelecer intercâmbio e parceria com instituições educacionais e outras de interesse dos cursos da Faculdade para o desenvolvimento de projetos específicos;
  • Proporcionar a qualificação permanente e em serviço do corpo docente e administrativo, visando a qualidade acadêmica;
  • Fortalecer o compromisso com a responsabilidade social e com o desenvolvimento sustentável local e da região;
  • Promover permanentemente a Avaliação Institucional;
  • Desenvolver estratégias que garantam gestão pedagógica democrática e sua autossustentabilidade.

Finalidades

  • Estimular a criação cultural e o desenvolvimento do espírito científico e do pensamento reflexivo;
  • Formar profissionais nas diferentes áreas de conhecimento, na modalidade presencial e a distância, aptos para a inserção em setores profissionais e para a participação no desenvolvimento da sociedade brasileira, e colaborar na sua formação contínua;
  • Incentivar o trabalho de pesquisa e investigação científica, visando o desenvolvimento da ciência, da tecnologia e da criação e difusão da cultura, e, desse modo, desenvolver o entendimento do homem e do meio em que vive;
  • Promover a socialização de conhecimentos culturais, científicos e técnicos que constituem o patrimônio da humanidade, disseminando o saber através do ensino presencial e a distância, de publicações ou de outras formas de comunicação, contemplando diversas mídias interativas e Ambientes Virtuais;
  • Suscitar o desejo permanente de aperfeiçoamento cultural e profissional e possibilitar a correspondente concretização, integrando os conhecimentos que vão sendo adquiridos em uma estrutura intelectual sistêmica do conhecimento de cada região;
  • Estimular o conhecimento dos problemas do mundo presente, em particular os nacionais e regionais; prestar serviços especializados à comunidade e estabelecer com esta uma relação de reciprocidade;
  • Promover a extensão, aberta à participação da população, visando a difusão das conquistas e benefícios resultantes da criação cultural e da pesquisa científica e tecnológica, geradas na instituição, como também, interagindo com a comunidade na produção de saberes, desenvolvimento de tecnologias sociais e ações de responsabilidade social, envolvendo / retroalimentando o ensino presencial e a distância.